Buscar

Dezembro mês do verão solicite um formulário de Fotoprotetores

Você sabia? Micoses, brotoejas, acne solar e queimaduras solares são comuns no verão.

Com a chegada do verão as pessoas procuram mais opções de atividades ao ar livre e praias, clubes e cachoeiras são os principais pontos de encontro dos que desejam se refrescar. Como a pele – maior órgão do corpo humano – é bastante heterogênea, é preciso ficar atento às doenças de pele como brotoejas, micoses, acne solar e machas que aumentam nesta época do ano. Veja as dicas abaixo:


Brotoejas A brotoeja é o nome popular da miliária causada pela obstrução mecânica à eliminação do suor pelas glândulas sudoríparas. Ambientes úmidos e quentes, o uso de roupas pesadas e tecidos sintéticos pioram o quadro. Surgem como pequenas “bolinhas”, geralmente em bebês, devido o contato da pele com o suor, principalmente nas “dobrinhas”. Em algumas situações levam à coceira. Usar roupas leves e soltas e evitar locais muito abafados que propiciam a sudorese excessiva são alguns fatores importantes para evitar brotoejas, sobretudo em pessoas predispostas.


Micose

O mesmo ambiente que favorece as brotoejas, também favorece o aparecimento das micoses superficiais, infecções causadas pelos fungos, que se proliferam melhor nestes ambientes. O uso prolongado de roupas úmidas é outro fator que favorece o aparecimento de micoses. Os pés, virilhas e as unhas são os locais mais comumentes afetados. Fique atentos: Além do uso de roupas leves, preferencialmente de algodão, é preciso ficar o menor tempo possível com roupas molhadas, enxugando bem as áreas de dobra. A micose acomete crianças, jovens, adultos e idosos e a melhor forma de evitá-las é manter hábitos de higiene, como: secar-se bem após o banho, principalmente áreas de dobras da pele, como virilha, entre os dedos dos pés e axilas. Deve-se também evitar andar descalço em pisos constantemente úmidos (vestiários, saunas, etc) e evitar calçados fechados o máximo possível, optando pelos mais largos e ventilados. Importante também é usar somente o seu material para manicure. No banho, recomenda-se usar sabonetes compatíveis com o tipo de pele, porém sem excesso. A temperatura da água deve ser fria ou morna, para prevenir o ressecamento.


Acne Solar

A acne solar é desencadeada pela associação de oleosidade aumentada da pele, sudorese, uso do filtro solar e da própria radiação solar. Para evitá-la, é recomendável lavar o rosto com um sabonete adequado para o seu tipo de pele e uso de filtros solares com base aquosa ou em gel, o que pode diminuir a oleosidade.


Bicho geográfico

O bicho geográfico é uma infecção que atinge todas as idades e surge em decorrência do contato direto da pele com areia frequentadas por cães e gatos, na qual estejam presentes larvas de parasitas do gênero Ancylostoma. Essas larvas, após penetrarem na pele, provocam lesão semelhante à picada de insetos com coceiras. Posteriormente a larva “caminha na pele” fazendo trajetos tortuosos. Essa lesão, tipicamente reconhecida pelo padrão sinuoso, lembrando um mapa, ganhou o nome popular de bicho geográfico. Ao apresentarem esses sintomas, é necessário procurar uma unidade de saúde para tratar a doença, pois somente o profissional de saúde pode avaliar caso a caso e indicar o melhor tratamento. Fonte: blog.saude.mg.gov.br



1 visualização0 comentário