Buscar

Manipulando Biscoitos Veterinários


A assistência farmacêutica vai além da medicina humana. A medicina veterinária também é pode ser um objetivo dos farmacêuticos magistrais que estiverem dispostos a superar seus desafios. Fornecer medicamentos que sejam adequados ao comportamento e à fisiologia do animal é fundamental para adesão ao tratamento. Os biscoitos veterinários são uma forma de facilitar a administração de medicamentos para animais.

O preparo de biscoitos veterinários traz uma série de desafios para o farmacêutico magistral. A primeira delas é a escolha do excipiente, que deve considerar a espécie do animal, seu porte e idade. Biscoitos mais macios são adequados para animais idosos, enquanto que os mais crocantes são ideais para animais mais jovens. O tamanho também é importante pois animais menores necessitam de biscoitos menores para facilitar a deglutição, visto que a maioria dos animais de estimação não mastiga o alimento tão extensamente quanto fazem os humanos.


Obs: O Ministério da Agricultura publicou no dia 5 de dezembro, no Diário Oficial da União, a Instrução Normativa nº 41/2014.

A norma autoriza a farmácia magistral a manipular, no mesmo laboratório, medicamentos – alopáticos e homeopáticos – de uso veterinário e de uso humano, desde que os insumos utilizados sejam comuns para ambos. Permite também a armazenagem, estocagem, embalagem, rotulagem e dispensação em áreas comuns para produtos de uso veterinário e humano.

No caso de insumos de uso exclusivamente veterinário, fica mantida a exigência da farmácia possuir um laboratório exclusivo para tais preparações.

Vale lembrar que, para preparar todo e qualquer medicamento para animais, a farmácia precisa ter autorização do Ministério da Agricultura. No caso de medicamentos controlados, é necessário portar autorização especial da Anvisa.

Entre em contato conosco e saiba mais sobre a licença do MAPA.

0 visualização0 comentário