Buscar

Patchs adesivos oferecem praticidade e rapidez na Farmácia Magistral

“Os adesivos transdérmicos (transdermal patches) são preparações farmacêuticas flexíveis de vários tamanhos, contendo uma ou mais substâncias ativas. Eles são produzidos com o objetivo de serem aplicados na pele íntegra para liberar as substâncias ativas para a circulação sistêmica após passar pela barreira da pele.


Os adesivos transdérmicos normalmente consistem de uma película externa (outer covering) que dá suporta à preparação contendo o insumo ativo. Eles são cobertos na face destinada ao contato com a pele por uma película de revestimento (protective liner ou release liner) que deve ser removida antes da aplicação do produto sob a pele. Quando removida, ela não deve fazer a retirada do(s) insumo(s) da formulação.

A película externa deve ser de um material impermeável à(s) substância(s) ativa(s) e normalmente impermeável à água, de modo a proteger a preparação. Esta película pode ser do mesmo tamanho da preparação em si, ou maior. Neste último caso, a película deve possuir pelo menos suas bordas contendo algum material adesivo para garantir a aderência do patch à pele.

A preparação contém o(s) insumo(s) ativo(s) juntamente com excipientes como estabilizantes, solubilizantes ou substâncias para aumentar ou diminuir a taxa de absorção transdérmica. Pode-se usar preparações com camada única ou camadas múltiplas, ou mesmo matrizes semissólidas. A matriz pode conter substâncias com propriedades adesivas já incorporadas.

Quando aplicado à pele seca, limpa e íntegra, o adesivo transdérmico deve aderir firmemente à pele através de uma leve pressão da mão ou dos dedos e deve ser retirado sem causar nenhum ferimento à pele ou mesmo a formulação não deve se soltar da parte adesiva em si. O adesivo não pode ser irritante ou sensibilizante à pele, mesmo após repetidas aplicações.

Fonte: Fagron



3 visualizações0 comentário